quarta-feira, julho 01, 2009

Depressão Pós-Casamento!

Não, não vim aqui para deixar nenhuma noivinha triste, mas é uma coisa que pode acontecer com qualquer uma de nós.

Saiu uma reportagem na Revista Marie Claire sobre o assunto e, na minha opinião, é bem bcana que todas deem uma lidinha para tomar consciência do problema e não deixar a peteca cair se acontecer conosco!

Depressão Pós-Casamento

;-)

6 comentários:

Esposa Clá disse...

Oi Ângela, td be?
Tb vi a matéria e gostei muito.
Sinto mesmo uma nostalgia... me dá uma saudade de toda organização... não chega a ser uma deprê, mas sim um período de adaptação à nova rotina, à nova casa, etc.
Mas mesmo assim, vale muitoooo a pena!
;)
bjs

Paty do Franklin disse...

Muito interessante a matéria... Adorei!!!

Bjão

Juliana disse...

Oi Fernanda!

Vi a matéria antes de ler seu post. Fiquei até surpresa em te reconhecer. Estou planejando meu casamento pro ano que vem mas como já moramos juntos o choque será menor. De qualquer jeito, achei a matéria bem interessante e inesperada.
Um abraço, Juliana

Sabrina disse...

Olá, tudo bem?
Vi a matéria antes de ver que você comentou. Gostei de saber que você está divulgando sobre o tema. Depois que li a matéria comecei a pensar sobre o assunto, pois vou me casar em Fevereiro de 2010 e agora estou pegando mais leve na imaginação.
Sucesso!
Bjs Sá.

Anônimo disse...

essa materia é muito interresante ,pois estou sentindo na pele ,antes horas do casamento já me sentia angustiada queria q tudo desse certo ,pois estava focada em cada detalhe e como se eu vivese um filme .quando tudo acabou senti um vazio só chorava olhava as fotos e tinha a sensasão de "podia ter feito melhor" e como eu não esteve no meu proprio casamento .

Anônimo disse...

Tenho apenas um mês de casada e estou sentindo toda esta angústia. Estou morando longe de meus pais, e agora acabo sentindo muito a falta deles! Muitas vezes me sinto muito sozinha, mas sei que é apenas uma fase de adaptação. É normal sentirmos falta dos tempos de namoro, os programas divertidos... nesta primeira fase ficamos mais tempo arrumando a casa do que tendo momentos divertidos... Mas não desanimem! Apesar do momento, da angústia tem muita felicidade também! Sorte à todas!